Rumo a regulamentação de nosso cargo!!!

Mesmo após a LDB/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) e o PNE/2001 (Plano Nacional de Educação), quando as creches deixaram de ter um caráter assistencialista e passaram a ser consideradas a primeira etapa da educação básica, onde quem trabalha em contato diretamente com as crianças é o professor e necessita ter a formação mínima em nível médio na modalidade normal para estar em sala de aula, muitos municípios continuaram a fazer concursos com a exigência de apenas nível fundamental ou médio, com nomenclaturas como auxiliar de recreação, berçário, auxiliar de creche, pajem, entre outras até os dias de hoje e como resultado disso exercemos atividades de docente, pois as creches de fato fazem todo o trabalho pedagógico, porém temos salários e direitos bem inferiores aos dos professores, mesmo tento a qualificação exigida por lei.

Convocamos aos ainda erroneamente chamados auxiliares, pajens, monitores, entre outras denominações a caminhar pela criação de nossa verdadeira identidade que é a de Professor de Educação Infantil, em muitos municípios profissionais como nós já conquistaram seus direitos agora é a nossa vez.

domingo, 14 de agosto de 2011

VAMOS LISTAR A SITUAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL PELO BRASIL

Precisamos fazer um levantamento sobre a situação dos profissionais de educação infantil nos municípios, por isso pedimos colaboração aos leitores do blog para que escrevam no comentário desta postagem o nome de seu município, como os professores de educação infantil são chamados, a escolaridade que é exigida para exercer a função, carga horária e se há outro profissional com nomenclatura e carga horária diferente atuando nas salas de educação Infantil, exemplo:
Município: Angra dos Reis

Profissionais que atuam em sala de aula na educação infantil:

Auxiliar de recreação e Auxiliar de Berçário
Carga horária semanal: 35h
Escolaridade exigida em concurso: Fundamental completo

e

Docente I
Carga horária semanal: 22,5h
Escolaridade exigida em concurso: Nível médio com formação em magistério

Contamos com sua colaboração!

P.S.: Se preferirem podem nos mandar os dados por e-mail: educacaoinfantilangra@hotmail.com

15 comentários:

zel disse...

São Gabriel da Palha ES, professor "A" MAPA-Educação Infantil- creche e Pré-escola. ensino Superior completo, Carga Horária 25/hs semanais. função: Prepar e ministrar aulas em disciplina área de estudo ou atividades, avaliar e acompanhar o aproveitamento do corpo discinte da educação básica no respectivo campo de atuação.

Auxiliar de educação infantil: ensino médio completo carga horária 36/hs semanais. função: ensina e cuidam de alunos de 0 a 3 anos,orienta a construção do conhecimento; elabora projetos pedagógicos;planeja ações didáticas e avalia o desempenho dos alunos; prepara material pedagógico; mobiliza um conjunto de capacidades criativas.

Anônimo disse...

PRAIA GRANDE, ATENDENTE DE EDUCAÇÃO.
CARGA HORÁRIA . 30H.
EDITAL. ENSINO MEDIO COMPLETO COM MAGISTÉRIO

Educação Infantil Uberlândia disse...

Ótima ideia!

- Município: Uberlândia - MG
- Profissionais que atuam em sala de aula na educação infantil: Educador Infantil e Professor
- Educador Infantil: 30h / ensino médio completo (carreira assistente administrativo)
- Professor: 20h / magistério de nível médio (carreira magistério)

- Descrição sintética do cargo Educador Infantil (LC nº347/04):

"Compreende os cargos que se destinam a cuidar, orientar e executar atividades lúdicopedagógicas e lúdico-educativas para crianças, auxiliando no planejamento, orientação, e desenvolvimento do processo de ensino, juntamente com os demais profissionais do sistema educacional, conforme projeto político pedagógico da Unidade."

Atribuições Típicas (LC nº 347/04):
- Desenvolver e executar atividades lúdico-pedagógicas, orientando e avaliando os resultados de sua aplicação;
(...)

Contato: educadorinfantiludi@gmail.com

Anônimo disse...

Olá companheiros de luta!

Em Uberlândia os profissionais da Educação Infantil são chamados Educadores Infantis, sendo que os mesmos estão no quadro administrativo. O requisito mínimo exigido para ingresso é Ensino Médio, sem exigência de Magistério.
Atua também na sala de aula apenas em um período, o professor regente I. O outro período os educadores atuam sem a presença do professor.

Anônimo disse...

Esqueci de acrescentar que a formação exigida para professor regente I que atua na sala de aula é nível superior Pedagogia ou Normal Superior.Carga horária de 20hs semanais, um dia de módulo para estudos que o professor cumpre fora da escola, aqui se chama "módulo onde melhor lhe convier" e mmais 1:40 min de módulo pedagógico na escola.
A carga horária dos educadores infantis é 30hs semanais, sem módulos para estudos ou formação continuada. Geralmente a formação é feita no horário do sono das crianças de forma rápida e fragmentada. Não temos também nenhum momento para descanso durante o expediente.

Uberlândia

MANUELA disse...

AUXILIAR DE CRECHE
CARGA HORÁRIA SEMANAL:40H
ESCOLARIDADE EXIGIDA EM CONCURSO: (2006)FUNDAMENTAL COMPLETO
(2010)NIVEL MÉDIO CM FORMAÇÃO EM MAGISTÉRIO.

MANUELA disse...

MUNICÍPIO:CRUZ DAS ALMAS-BAHIA
CARGA HORÁRIA SEMANAL:40H
ESCOLARIDADE EXIGIDA EM CONCURSO:
(2006)FUNDAMENTAL COMPLETO
(2010)MÉDIO CM FORMAÇÃO EM MAGISTÉRIO

Anônimo disse...

Aruja-Sp Adi 30 hs concurso segundo grau completo ,novos concursos no lugar de adi professor de educaçao basica tbm 30 hs,so falta arrumar a situação das adis...na sala de aula é uma farofa total,todos fazem a mesma funçao,adi,estagiaria.professor de educação infantil e é claro com salarios diferente!!!!

Anônimo disse...

Cândido Mota (SP)(CRECHE 0 A 4 ANOS)
monitores de educação infantil: 40hs semanais
escolaridade exigida: ensino médio completo (não foi exigido magistério)
trabalhamos meio periodo auxiliando o professor e o outro trabalhamos sozinhas. Fazemos planejamento (HTPC).Cuidamos e Educamos!

Renatapacheco disse...

Estamos numa situação na prefeitura de serra ES que a seguinte exigencia para ocupar o cargo de auxiliar de creche foi a seguinte nivel médio preferencial magistério com dois cursos na area da educação mais experiência e 40 horas semanais e no final fazemos tudo o que o professor faz e ainda o nosso sem nenhum apoio faltam luvas para higiene e o salario para uma piada 622,00 quem vive com isso minha gente.

Renatapacheco disse...

Serra ES trabalho 40 horas semanais como auxiliar de creche exigencia nivel medio com magisterio experiência e curso na área da educação, ajudamos na parte pedagogica e desenvolvimento e crescimento da criança e higiene em geral.

Rumo ao Sucesso disse...

Bertioga.SP

pajem crecheira: 40 hs semanais, no concurso foi exigido ensino fundamental completo,

PPI (professor de primeira infância), 32 horas semanais, cargo criado para substituir as pajens, sendo exigido no concurso magisterio ou pedagogia.

PDI (prof. desenvolvimento inicial), cargo criado em dezembro de 2010, para o enquadramento das pajens que tinham a formação, 32 horas semanais.

eliana disse...

Eliana
EM Orlãndia(SP) exigem dos docentes licenciatura plena em pedagogia por 25hs de trabalho e das auxiliares de creche o magistério por 40hs de trabalho sendo meio periodo sozinhas e outro auxiliando os docentes.

Anônimo disse...

Araxá- MG;
-Auxiliar de educação; nível médio completo(sem magistério)25 h. semanais;
-Professor Adjunto de Educação --Infantil;magistério 25 horas semanais;
-Professor de Educação Infantil;Pedagogia ou normal Superior 25 h. semanais
Todas desempenhamos a mesma função, cuidar e educar,e trabalhamos com crianças de 0 a 6 anos, cada um com sua turma,a diferença é que o Professor de E.I,tem dentro das 25 h. semanais 1/5 extra sala(para projetos etc,o que as duas outras "classes",também fazem)e os 20 % de regência,e as ouras classes só tem direito ao salário mais nada...ah, estamos no plano de carreira e recebemos com os 60% destinados a carreira do magistério,por dizem que não temos direito algum, pois não somos professores!!!

Anônimo disse...

município: Jales (SP) EMEIs 0 a 3.
Os únicos auxiliares de desenvolvimento infantil que existem são os que ingressaram por concurso público e no edital exigia habilitação específica para o magistério nível médio e estes não tem plano de carreira até o presente momento. O primeiro concurso foi em 2003. Ainda nas salas existem aqueles que estão nas creches deste a assitência social, estes não foram redenominados na prática, apenas no papel, ainda tem em seu holerite (ASG e ASE)auxiliar de serviços gerais e auxiliar de serviços especiais, nunca viram uma habilitação específica (aquela de 1998... das verbas do FUNDEF), ainda possuem o ensino fundamental.
Ambos trabalhamos em duplas, um com formação e outro sem, cada dupla responsável por uma turma, não há divisão até aqui do cuidar e do educar.
organização das salas:
Berçário I (0 a 1)
Berçario II (1 a 2)
Maternal I (2 a 3)
maternal II (3 a 4)

Da carga horária: 40 horas semanais. (ambos)
30 horas com alunos,2 horas de HTC(horário de trabalho coletivo) de , 2 horas atividades para ser cumpridas na EMEI e 6 horas de livre escolha.(seis horas regulamentada em 2008,antes eram 8 horas com alunos)
piso dos ADIs: 950,00 + 20% insalubridade + 5% pós-graduação , curso superior não recebe se for pedagogia, mas, ser for história recebe mais 10% e se houver mais cursos não recebe por eles.
piso dos ASG e ASE: 600,00 + 20% de insalubridade.
Temos ainda no maternal II, um professor.
carga horária: 25 horas semanais
4 com alunos, 2 hrs HTPC e 3 de livre escolha.
salário: 1208,05 nível médio
+ 10% se tiver curso superior, + 5 % se tiver pós-graduação.
agora estão colocando professores contratados nas EMEIs,não sei como ficará o educar e o cuidar, há mais a professores leigos que formados e as salas estão super lotadas.
nem todos os prédios foram construídos (da 7 escolas 2 tem prédio adequado), ainda estamos nas antigas casas onde começaram as creches da assitência social.
Os estagiários dos curso de pedagogia também são auxiliares, as vezes ficavam até como responsáveis por turma.

salário: 450,00 por 30 hrs