Rumo a regulamentação de nosso cargo!!!

Mesmo após a LDB/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) e o PNE/2001 (Plano Nacional de Educação), quando as creches deixaram de ter um caráter assistencialista e passaram a ser consideradas a primeira etapa da educação básica, onde quem trabalha em contato diretamente com as crianças é o professor e necessita ter a formação mínima em nível médio na modalidade normal para estar em sala de aula, muitos municípios continuaram a fazer concursos com a exigência de apenas nível fundamental ou médio, com nomenclaturas como auxiliar de recreação, berçário, auxiliar de creche, pajem, entre outras até os dias de hoje e como resultado disso exercemos atividades de docente, pois as creches de fato fazem todo o trabalho pedagógico, porém temos salários e direitos bem inferiores aos dos professores, mesmo tento a qualificação exigida por lei.

Convocamos aos ainda erroneamente chamados auxiliares, pajens, monitores, entre outras denominações a caminhar pela criação de nossa verdadeira identidade que é a de Professor de Educação Infantil, em muitos municípios profissionais como nós já conquistaram seus direitos agora é a nossa vez.

domingo, 24 de janeiro de 2010

PROINFANTIL NO RIO DE JANEIRO

Comentário de Marcia na comunidade dos AACs do Rio de Janeiro:
Márcia
Como foi o início do proinfantil?
Amigos, estou morrendo de curiosidade. Como foi? O que falaram?Amigos, essa é uma exelente oportunidade de vcs questionarem TUDO, precionem mesmo, cobrem o compromisso do enquadramento após a formação e de imediato de quem já a possui.Questionem, sem medo, sem insegurança, todos sabem que estamos mais do que embasados, não temam.Pergunte se vamos ser cobrados a aplicar nas creches?Se vamos ter que ensinar a essas crianças matemática, ciências e português? Pois já fazemos no lúdico há muito tempo.Quando iremos ter certeza no D.O. do que mudará em nossos cargos, pois este concurso foi para nível fundamental e não podemos ser obrigados a concluir essa formação e quem a não se formar no normal estará coloborando para que a prefeitura ainda esteja no erro com a LDB. Como ficará?

AS RESPOSTAS:

Discurso da SME
SOu da sétima CRE e estou cursando o Proinfantil no Carmela Dutra, Madureira, e a parte da manhã foi toda de apresentações. Entre diretor, tutores, professores e todos os outros que falaram, tivemos a presença da professora Simone que veio como representante da SME. Ela explicou que o curso é de caráter EMERGENCIAL, pois as creches estão funcionandoe, nã à margem das leis, pois nosso cargo deveria ter sido preenchido por profissionais qualificados pela formação de professores de ed. infantil; visto que isso não aconteceu, o Proinfantil vem para consertar este "buraco". Bem, isto nós estamos carecas de saber, mas o que me motivou foi ela dizer claramente que ao final do curso, seremos finalmente reconhecidos pelo que realmente somos: PROFESSORES. Então, gente: não desistamos! Agora vai ser pauleira, mas dias melhores virão! Bjs
***********

MARCIA DISSE:
Essa notícia não deixa de ser esperançosa, mas enquanto não houver o reconhecimento de quem já tiver a formação em D.O. sancionado como lei, não devemos acreditar em promessas e palavras.No dia 01/10, estivemos eu, a Gleice e o Valmir com a Costin e a Duda e ela nos falou a mesma coisa e tivemos uma conversa muito amigável, negociamos tudo com diplomacia e chegamos a um consensso, mas após a pressão de alguns professores e um certo sindicato, ela voltou atrás.Não podemos confiar em políticos e esse assunto não cabe a SME e nem mesmo a Costin, somente o prefeito pode reverter esse erro gritante que há anos é cometido com a educação infantil e as profissionais que sempre a fizeram acontecer.Informo a quem não sabe que várias autoridades políticas a nível nacional, seus acessores e muitos da SME, estão aqui diariamente, lendo e sendo informado de primeira mão o que estamos planejando. A idéia de uma manifestação, com certeza não está agradando e eles sabem que eu faço mesmo e muito bem feito e planejado, ainda posso conquistar muitos aliados políticos que estão doidinhos que o Paes saia, além de que podemos dificultar e muito sua candidatura para qualquer que seja sua pretenção política nas próximas eleições.
*****************
Lá no Colégio José Accioli foi tranquilo até o momento que surgiram as perguntas pertinentes ao nosso cargo,todos se agitaram,começaram os falatórios no audotório,ela teve que pedir silêncio pois todos se agitaram!Realmente ela não soube responder nada!!!Falou que ia pedir pra um representante da secretária de educação ir pessoalmente lá tirar nossas dúvidas a respeito da parte administrativa,que ela só poderia dar informações a respeito do que se diz respeito ao Próinfantil!Queria ter perguntado a respeito do nosso cargo se iria vir escrito no contra cheque: Professor de Educação Infantil e não Agente Auxiliar de creche!Mas ela não iria responder porque não sabe como vai ficar a nossa situação!Na quinta feira diz ela que teremos uma reunião com alguém da Secretaria de Educação!Ai iremos saber tudo!Estou um pouco preocupada mas vamos ver o que vai acontecer!bjs!
*******************
Márcia
A adjunta que estava lá foi infeliz ao declarar que não fizemos um concurso para professor e essa com formação, quem desejasse ser professor, poderia fazer comcurso para PII. O que aconteceu? Foi muito vaiada e a diretora disse que iria pedir alguém da SME para ir lá e esclarecer o que de fato mudará, mas quem escutar isso grave e avise, para que possa servir de prova.Eu tenho uma filha de 6 anos que está de férias e não tenho com quem deixa-la por 10 hs diárias e por isso não posso estar lá, mas Deus sabe o que faz. E eu? fizemos prova e fomos empossados todos como AACS, mas exitirão alguns com e outros sem a formação? Desta forma a legislação ainda está sendo negligenciada,pois é, se a prefeitura PRECISA que eu estude para obter um diploma de formação de professores, ela que se adeque a minha vida e não eu a eles. Com certeza, isso não vai parar por aí, enquanto não existir nada de oficial, muitos irão deistir e seria a melhor coisa que podemos fazer, pois não podem nos obrigar, temos o ensino fundamental e o edital é lei.
*******************
POIS É MINHA GENTE, PELO MENOS LÁ AS TUTORAS JÁ SABIAM A QUE FIM VEIO O PROINFANTIL, SABIAM DE ANTEMÃO QUE O CURSO NÃO ERA PRA NENHUMA PROFESSORINHA DO NORDESTE SEM FORMAÇÃO E SIM PARA OS PROFESSORES DE CRECHES QUE ESTAVAM ATUANDO SEM A FORMAÇÃO EXIGIDA PELA LEI .SERÁ QUE ELES ACHARAM QUE TEMOS CARA DE BOBOS????OU NÃO SABIAM MESMO????

5 comentários:

Ana Paula disse...

Acharam que tinhamos cara de bobos. rsrrs...elas já sabiam de tudo! esqueceram que no meio sempre tem os espertos.

Anônimo disse...

Gente uma manifestação aqui também não seria bem vindo?

Anônimo disse...

Em Angra??? SERIA ÓTIMO!!!!

Salete Rosane disse...

Está lá no site do MEC pra quem quiser ver e saber tudo sobre o Proinfantil... Nós, apesar de sermos apenas "auxiliares" sabemos como se faz pra entrar lá... Queremos apenas o que é nosso, nada além disso!!!

Paty disse...
Este comentário foi removido pelo autor.