Rumo a regulamentação de nosso cargo!!!

Mesmo após a LDB/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) e o PNE/2001 (Plano Nacional de Educação), quando as creches deixaram de ter um caráter assistencialista e passaram a ser consideradas a primeira etapa da educação básica, onde quem trabalha em contato diretamente com as crianças é o professor e necessita ter a formação mínima em nível médio na modalidade normal para estar em sala de aula, muitos municípios continuaram a fazer concursos com a exigência de apenas nível fundamental ou médio, com nomenclaturas como auxiliar de recreação, berçário, auxiliar de creche, pajem, entre outras até os dias de hoje e como resultado disso exercemos atividades de docente, pois as creches de fato fazem todo o trabalho pedagógico, porém temos salários e direitos bem inferiores aos dos professores, mesmo tento a qualificação exigida por lei.

Convocamos aos ainda erroneamente chamados auxiliares, pajens, monitores, entre outras denominações a caminhar pela criação de nossa verdadeira identidade que é a de Professor de Educação Infantil, em muitos municípios profissionais como nós já conquistaram seus direitos agora é a nossa vez.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Rumo ao reconhecimento!

Que Deus nos ajude!

8 comentários:

Anônimo disse...

Alguém sabe alguma coisa sobre o andamento do nosso processo?

Valci gomes disse...

Torço para que as autoridades e o MEC se sensibilizem e regularizem essa situação a nível nacional.
Gostei muito da ideia do blog.
Que tenhamos sucesso.

Professor(a) disse...

Nós aqui de Angra agradecemos o apoio de vcs,e a idéia deste blog é justamente trocarmos experiência e forçarmos as autoridades nos exergarem.
Um grande abraço.

Anônimo disse...

Ao anônimo das 9:29, o processo na última vez que vimos estava na Subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, para o apreciamento da subsecretária Rita Salomão.estamos ansiosos para saber do parecer dela.

Professor(a) disse...

O nosso processo está na Subsecretaria de Treinamento e Desenvolvimento Pessoal, e antes passou pela gestão Pessoal.Vamos aguardar!

Anônimo disse...

É lindo ver no educresce quando professores, "recreadores", diretores,coordenadoras, se abraçam comemorando cada premio recebido. neste momento somos todos igualmente,capaz. capaz de ficar 7h trabalhando para que o resultado seja positivo. afinal os prefessores só trabalham 4h. e ficamos com a responsabilidade de professor. mais para muitas pessoas não temos formação!!!! temos a formação no dia a dia na prática que é o que realmente mostra o desenvolvimento da criança.
como assim não somos professores de educação infantil?somos muito mais pois como dizem, limpamos bunda sim e "ainda" fazemos a prática da parte pedagógica. Realmente trabalhamos e o resultado é visto todo fim de ano na premiação do educresce, aliás, tem "auxiliar" que até no momento de decidir o que vai ser trabalhado no projeto, sabe passar para o professor o que as crianças estão precisando facilitando assim o trabalho deles que ficam como já disse apenas 4 horinhas na creche acho que já está mais do que na hora de sermos valorizados e fazer valer a lei que não foi cumprida sabe-se la porque e por quem?

Ana Paula disse...

bom dia pesoal,
aqui em Bertioga SP, vamos fazer um documento pedindo a readequação dos nossos cargos, já tenho bastante material para montar esse documento, mas quanto mais informação melhor!!!!! Quem tiver alguma documentação,que não esteja no blog e puder me mandar, agradeço muito!!!!!
apalves51@yahoo.com.br

Professora disse...

Ana Paula,

Pode contar conosco que o que pudermos fazer pra ajudar faremos, e acredito que todos os colegas de outros estados e cidades também.
Muita força!